in

Resultado de exame do acusado de espancar paisagista é revelado, e ele receberá duro castigo

O tribunal de Justiça do Rio havia decretado a prisão preventiva de Vinícius Batista Serra, de 27 anos, acusado de espancar brutalmente a paisagista Elaine Caparroz. Vinícius estava preso preventivamente no Hospital Psiquiátrico Roberto Medeiros, no entanto, ele será transferido para uma unidade prisional normal.

Publicidade

Após ser realizada a última avaliação psiquiátrica com o acusado, foi constatada estabilidade no quadro médico, mesmo com os exames feitos durante o período em que Vinicius esteve internado, não houve alteração no quadro clínico psicopatológico.

Após onze dias do crime, a vítima foi até o Instituto Médico-Legal (IML), que fica no Centro do Rio na tarde desta quarta-feira, para ser submetida ao exame de corpo de delito. Elaine chegou acompanhada de seu advogado Evandro Bianor, que declarou não acreditar em surto por parte do acusado. “Não acredito em surto. Quem surta não troca nome. Quem surta não tenta se evadir do local. Quem surta não diz que só fala em juízo. Quem surta não deleta a conta no Instagram. Só se for um surto moral”.

Publicidade

Entenda o caso

O crime aconteceu na madrugada do dia 16 deste mês e os dois se conheceram por meio das redes sociais. Oito meses depois, eles decidiram se encontrar no apartamento de Elaine, a paisagista informou que começou a perder os sentidos após ter feito um brinde com ele, e ao acordar, já estava sendo esmurrada por Vinicius.

Publicidade

A paisagista acredita ter sido dopada pelo acusado. Ela está com sessenta pontos na boca, um dente quebrado, e com marcas por todo corpo causadas pela tentativa de feminicídio que sofreu.

Publicidade
Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade