in

Morre o maquinista que os bombeiros tentaram salvar por mais de 7 horas

G1

As equipes de resgate ficaram mais de 7 horas tentando salvar o maquinista que ficou preso nas ferragens, após o desastre entre dois trens em São Cristóvão, Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (27), mas infelizmente ele não resistiu.

Publicidade

Os Bombeiros tentaram reanimá-lo por cerca de meia-hora, mas infelizmente não conseguiram. O maquinista chegou a ser retirado às 14h30, em uma maca e estava desacordado. Imediatamente os profissionais começaram o processo de reanimação, fazendo massagem cardíaca e usando o desfibrilador. Dezenas de profissionais estiveram envolvidos na operação.

O Corpo de Bombeiros chegou a enviar um helicóptero para pousar bem próximo ao local onde houve o acidente, a Quinta da Boa Vista inclusive foi interditada. Só que o helicóptero foi dispensado, após ser confirmada a morte do maquinista.

Publicidade

Os Bombeiros conseguiram manter o homem respirando com o auxílio de um balão de oxigênio e no local mesmo foi realizada uma transfusão de sangue, além da aplicação de soro. O maquinista chegou a ficar lúcido por vários momentos e até conversou com os bombeiros que estavam trabalhando no resgate.

Publicidade

Foram usados maçaricos e diversas ferramentas para que as peças fossem retiradas e o maquinista retirado das ferragens com segurança. Alguns bombeiros ficaram resfriando o trem para evitar um incêndio.

Publicidade

O acidente ainda deixou oito pessoas feridas, sendo que sete foram levadas para o hospital Souza Aguiar, mas já receberam alta. A outra vítima foi encaminhada para o hospital Salgado Filho e segue internado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br