in

Jair Bolsonaro diz que vai escalar seu filho Carlos para função histórica no Governo Federal

EXAME

Um dos filhos do presidente da República, Carlos Bolsonaro, acabou não se elegendo a nenhum cargo nas eleições presidenciais de 2018. Portanto, o jovem se dedicou a acompanhar o pai em sua jornada como presidente da República, o auxiliando na campanha e agora nos enfrentamentos que tem como governante do país.

Publicidade

Bolsonaro, no entanto, vem sendo criticado por aliados pelo fato de não estar falando sobre a Reforma da Previdência em suas redes sociais e nem articulando para que a população fique a favor do projeto.

A Reforma é algo totalmente histórico e considerado necessário por parte do presidente da República e aliados. O próprio Bolsonaro declarou que o Brasil quebraria em 2022 ou 2023, caso a reforma previdenciária não fosse aprovada.

Publicidade

Então, o presidente da República tomou uma decisão e afirmou que falará mais sobre o projeto, para assim tentar aprová-lo. Além disso, escalou o filho para fazer uma função histórica, a de exclusivamente trabalhar em defesa da nova Previdência.

Publicidade

Esta será a função para que Carlos Bolsonaro está nomeado. O filho do presidente da República trabalhará única e exclusivamente pela Reforma da Previdência. Vale ressaltar que esta reforma conta com grande desaprovação da população brasileira.

Publicidade

A missão mais importante do governo Bolsonaro até o momento é conseguir esta aprovação na Câmara dos Deputados e, posteriormente, no Senado Federal. Porém, é evidente que boa parte dos parlamentares contam com a opinião pública para votarem contra ou a favor da Reforma.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com