in

Parlamentares petistas reconhecem José de Abreu como ‘Presidente da República do Brasil’

Portal Fato Amazônico

Irritado com a situação na Venezuela, onde Juan Guaidó, presidente do Parlamento, se autoproclamou presidente do país em uma tentativa de derrubar o governo Maduro, o ator global José de Abreu resolveu tomar a mesma atitude no Brasil.

Publicidade

Em seu Twitter, na noite da última segunda-feira (25), o ator anunciou seu ‘golpe’, dizendo que havia acabado de se proclamar Presidente da República do Brasil e acrescentou perguntando quem apoia o seu governo.

Em seguida, o ator escreveu: ”estou na Grécia e assumo dia 8 de março no Galeão. A partir de hoje eu sou o autodeclarado Presidente do Brasil. Igual fizeram na Venezuela. Lula está nomeado chefe da casa civil, militar e religiosa do Brasil”.

Publicidade

Ao que parece, alguns parlamentares compraram a idéia do ator. Após o anúncio de seu ‘golpe’, o global foi ‘reconhecido’ como presidente nesta terça-feira (26), pelo líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), e pelo ex-deputado Wadih Damous (PT-RJ).

Publicidade

Através do Twitter, Pimenta solicitou ao ‘presidente’ Zé de Abreu o restabelecimento das determinações da Constituição de 1988 e o realinhamento do Itamaraty para atuar buscando soluções pacíficas para o caso da Venezuela, o que seria de acordo com o que ele chamou de “postura coerente com a nossa tradição diplomática”.

Publicidade

https://mobile.twitter.com/DeputadoFederal/status/1100454573322440705

Já o ex-deputado pelo PT do Rio de Janeiro, Wadih Damous, pediu que o ‘novo governo’ desista da reforma da Previdência e solicitou ao autoproclamado presidente a demissão de Sérgio Moro do Ministério da Justiça e a nomeação de um novo ministro que respeite as leis e a Constituição.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.