in

A maioria das mães segura o filho com o braço esquerdo; entenda o motivo

Foto: Shutterstock

Ser mãe é a realização de um sonho para a maioria das mulheres. No entanto, até que a futura mamãe possa segura o seu pacotinho nos braços, existe uma longa jornada pela frente. São nove meses cheios de dúvidas, medos, alegrias, e um misto de emoções que são provocados por todas as alterações que a mulher passa ao longo desse período. 

Publicidade

Apesar de tantas mudanças, as futuras mamães estão felizes e a maioria procura aproveitar ao máximo a experiência de uma gestação. Uma das preparações que as mulheres amam é preparar o enxoval da criança. Afinal de contas, o novo membro da família precisa ter as suas coisinhas em ordem quando chegar ao seio da família.

Além das roupinhas, as mães também curtem bastante preparar o quartinho do bebê. Quando a criança nasce, os familiares ficam todos felizes, pois é uma grande benção presenciar o milagre da vida.

Publicidade

No entanto, existe um detalhe bastante curioso no jeito que a maioria das mulheres tem na hora de carregar um bebê no colo. Talvez, a maioria não perceba, mas a tendência é que grande parte usa mais o braço esquerdo do que o direito. Se com você acontece isso, saiba que se encaixa no grupo de 70 a 85% que tem essa ‘mania’.

Publicidade

Isso ocorre por puro instinto de manter a criança protegida. Segundo um estudo que foi publicado no periódico Natureza Ecologia e Evolução, esse instinto de carregar a criança pelo lado esquerdo do corpo acontece para permitir que o lado direito possa processar informações, mais especificamente emoções.

Publicidade

Ainda de acordo com os autores que realizaram a pesquisa, a atitude acaba contribuindo para a construção do vínculo. O lado direito do cérebro é responsável por ajudar no reconhecimento das expressões do bebê, além de auxiliar a entender o que ele está precisando.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.