in

‘Santa Elena está destruída’! Maduro manda exército atacar e vídeo mostra tudo, assista

Portal de Notícias

Uma mulher de 39 anos, que mora em Santa Elena de Uairen, cidade que fica na fronteira da Venezuela com o Brasil, contou que os guardas nacionais enfrentaram os civis e que o clima ficou igual se fosse uma guerra. “Havia muitas pessoas feridas e ouvíamos muitos barulhos de tiro“, contou a venezuelana assustada.

Publicidade

Ela mesma divulgou um vídeo na manhã deste domingo (24), mostrando um ônibus e outros veículos sendo consumidos pelo fogo. A violência em Santa Helena deixou mortos e feridos.

Por questão de segurança, ela preferiu não se identificar e contou que nos hospitais se deparou com muitas pessoas feridas. Ela também ouviu pessoas gritando pelas ruas, feridos nas esquinas e sentiu medo de morrer. Os confrontos foram mais intensos no centro da cidade e a confusão ficou mais intensa por volta do meio dia, quando alguns moradores resolveram ir até a fronteira para tentar receber ajuda humanitária, só que foram impedidos pelos guardas venezuelanos.

Publicidade

Não sei se em algum momento os moradores fizeram alguma coisa, mas os guardas começaram a atirar contra as pessoas. Foram jogadas bombas de gás lacrimogêneo. Era muita confusão. Parecia uma guerra“, revelou a venezuelana.

Publicidade

O hospital de Pacaraima, que fica no Brasil, já recebeu muitas pessoas baleadas em estado grave e o diretor informou que parece um cenário de guerra.

Publicidade

A venezuelana, acompanhada do esposo e de dois filhos, pensou em fugir para o Brasil passando pelas montanhas, mas por causa dos confrontos a família resolver esperar um pouco mais.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br