in

Governo venezuelano comemora bloqueio de ajuda humanitária: ‘Nenhum caminhão passou’

Foto: AFP

Governantes da Venezuela celebram neste domingo (24) o bloqueio de ajuda internacional que aconteceu no sábado. Estão tratando essa situação como uma “vitória” para a nação venezuelana.

Publicidade

Em um ato feito em San Antonio Del Táchira, na Venezuela, o líder oficialista Diosdado Cabello disse que hoje é um dia de comemorar a vitória realizada no dia de ontem, e que nos próximos dias será celebrado ainda mais esta vitória. “Hoje consolidamos a vitória de ontem, amanhã consolidaremos ainda mais esta vitória (…) nenhum um único caminhão com ajuda humanitária passou”, declarou o poderoso líder oficialista Diosdado Cabello, em um ato em San Antonio del Táchira (leste), na fronteira com a Colômbia.

Com a presença de generais simpatizantes de Nicolás Maduro, o poderoso líder Diosdado Cabello, que também é presidente da Assembleia Constituinte e que governa o país com total poder, disse que o governo está seguro em suas afirmações.

Publicidade

A cidade de San Antonio fica bem próxima da Colômbia, e está ligada à cidade de Cúcuta, que fica no lado da Colômbia. Cúcuta é a cidade utilizada pelos Estados Unidos para enviar mantimentos para o povo venezuelano.

Publicidade

E foi neste local, que no sábado, caminhões com alimentos e medicamentos foram queimados pelas forças que pertencem a maduro.

Publicidade

Pontes que ligam Venezuela e Colômbia foram bloqueados por caminhões neste domingo. Alguns manifestantes lançaram objetos contra policiais e militares, depois foi enviado um tanque para o local na qual está acontecendo o manifesto, relata uma equipe da AFP.

Muitos locais pelo país está um verdadeiro caos, pessoas estão lutando contra a ditadura de Nicolás Maduro e muitas se mostram dispostas a lutar até o fim. Até o momento uma hora ou outra acontece algum confronto, só esperamos que tudo seja resolvido da melhor forma possível.

Publicidade