in

Número atualizado: confronto na fronteira entre Colômbia e Venezuela tem quase 300 feridos

G1

Os conflitos na fronteira entre Venezuela e Colômbia já deixou centenas de feridos. Esse embate se deve pela ajuda humanitária que tenta entrar na Venezuela para auxiliar as pessoas com suprimentos.

Publicidade

Segundo o governo colombiano, que confirmou os números na noite deste sábado (23), 285 pessoas ficaram feridas nesse confronto. De acordo com Carlos Holmes Trujillo, ministro das Relações Exteriores da Colômbia, 255 dessas pessoas são venezuelanas e 30 são colombianas. A ajuda humanitária que está vindo principalmente dos EUA, ainda não atravessou as fronteiras da Venezuela.

Esses manifestantes estão do lado colombiano da fronteira entre os países, mais precisamente na Ponte Ureña. Eles estão jogando explosivos, os conhecidos coquetéis molotov em direção à Venezuela. Os militares estão revidando jogando bombas de gás lacrimogêneo e também balas de borracha.

Publicidade

Ainda segundo o governo da Colômbia, cerca de 60 militares venezuelanos, inclusive alguns que tem patentes elevadas, cruzaram as fronteiras e pediram refúgio para a Colombia.

Publicidade

O ministro fez questão de ressaltar que a ajuda humanitária tem objetivos extremamente pacíficos, porém o mundo está sendo testemunhas de que essa missão tem sido recebida com violência pelos venezuelanos, afirmando que o governo daquele país está violando os direitos humanos.

Publicidade

É afirmado também que o governo da Colômbia vai continuar tendo essas medidas pacíficas para ajudar o povo do país, e que o objetivo principal do presidente Iván Duque é a proteção das pessoas na fronteira, então pediu que os caminhões carregados com suprimentos retornassem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 8 anos, trabalho também como redator há cerca de 3 anos, o que fez despertar uma nova paixão. Tanto que, atualmente, sou graduando em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .