in

Eduardo Bolsonaro prega assassinato de Maduro, e militares dizem se guerra vai começar

Foto/Montagem: Facebook Eduardo Bolsonaro/ Veja / Fernando B.

A crise entre o Brasil e a Venezuela continua. Em meio às tentativas do governo brasileiro de manter o caráter humanitário, da ajuda do Brasil enviada à Venezuela, um dos filhos do presidente criou ainda mais tensão na crise.

Publicidade

o deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, foi na direção contrária e adotou um tom mais belicoso contra o governo de Nicolás Maduro. A opinião de Eduardo aparece em um momento que o Brasil tem encontrado dificuldades para enviar ajuda humanitária ao país.

“…Achar que o problema da Venezuela é só dos venezuelanos é não enxergar um palmo adiante”, postou Eduardo no Twitter na madrugada deste sábado, 23 de fevereiro. Além disso, o deputado publicou um vídeo que fala em guerra e que o presidente venezuelano só sai do cargo morto.

Publicidade

Veja abaixo uma das publicações de Eduardo sobre o tema no Twitter:

Publicidade

Publicidade

Eduardo Bolsonaro colocou um vídeo de 2017 onde em uma conversa com o opositor Roderick Navarro diz que “Maduro só sai à base do tiro, da bala. Eu não acredito que ele vá sair pacificamente”.

Apesar das declarações de Bolsonaro filho, os militares rejeitam qualquer ideia de ação militar e garantem que uma guerra não deve começar, caso não haja uma ataque venezuelano. 

Deputado Eduardo Bolsonaro compartilhou publicações revelando que acredita que o diálogo com a Venezuela chegou ao fim

Muitas pessoas concordaram com Eduardo Bolsonaro. “O PT só não fez uma revolução socialista no Brasil porque nunca teve forte apoio das forças armadas, forças que tem tradição em lutar contra o fascismo. Se tivessem, hoje estaríamos na mesma situação da Venezuela.”, disse um dos internautas ao comentar a situação, que preocupa não apenas o Brasil, mas também o mundo inteiro. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.