in

Após atingir civis, Venezuela teria posicionado mísseis contra o Brasil, e tensão aumenta

UOL

Duas pessoas morreram e outras 22 ficaram feridas, após confrontos próximos à fronteira do Brasil com a Venezuela. Os civis foram mortos e feridos pelo exército venezuelano, que impede a chegada de ajuda humanitária ao país, que passa fome.

Publicidade

De acordo com a Globo News, pelo menos cinco índios venezuelanos feridos foram levados para um hospital de Boa Vista, em Roraima.

Nicolás Maduro cria tensão com o Brasil ao posicionar mísseis para o território brasileiro em meio à cris

De acordo com informações do site Yahoo, o governo de Nicolás Maduro teria posicionado mísseis contra o território brasileiro, aumentando a tensão entre os países. Os armamentos estão posicionados na região do aeroporto de Santa Elena de Uairén, cerca de 11 quilômetros da fronteira brasileira. Ele também afirma que os venezuelanos têm três sistemas deste tipo.

Publicidade

Abaixo, o leitor pode ver um raio de onde os mísseis venezuelanos teriam alcance. O círculo vermelho aponta a capacidade do míssil, que pode chegar até o estado de Roraima.

Publicidade

As informações são do site DefesaNet, administrado pelo especialista em temas militares Nelson Düring, que cedeu entrevista ao Yahoo e falou sobre a situação. De acordo com ele, os mísseis seriam do tipo S-300 VM. “Trazer um sistema estratégico tão valioso para uma posição de fronteira tem um caráter provocativo”, afirma Düring. O S-300VM é produzido pela empresa russa Antey-Almaz.

Publicidade

Nas redes sociais, a notícia dos mísseis com capacidade de chegarem ao Brasil criou uma verdadeira onda de revolta. Muitas pessoas pediram para que algo fosse feito, enquanto outras demonstraram algum medo do que pode acontecer diante de tantos acontecimentos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.