in

Ator global fica revoltado após esposa ser acusada de traição com José Loreto: ‘Doente’

Parece que a polêmica envolvendo José Loreto e Marina Ruy Barbosa está longe de acabar, isso porque a todo o momento o episódio ganha novos personagens.

Publicidade

Desta vez mais uma atriz do elenco da novela O Sétimo Guardião teve seu nome ligado a polêmica envolvendo a suposta traição de Loreto, e quem não gostou nada de ter visto sua mulher envolvida foi Bruno Gissoni. O ator formulou um ‘textão’ nas redes sociais para expressar sua indignação com a maldade do ser humano.

“O mundo tá doente. A humanidade faz da barbárie um circo, da dor um teatro, do choro a risada. Pessoas enriquecem diante da tragédia, piadas são feitas sobre mortes, sobre a destruição de lares, sobre a dor. Alguns seres sem luz se vendem a qualquer preço por fama, o amigo fofoqueiro virou ‘jornalista’ e hoje tem poder de disseminar o ódio”, desabafou Bruno.

Publicidade

Publicidade

Uma internauta teria perguntado para Bruno, se Yanna Lavigne era a ‘fofoqueira’ que ‘explanou’ o caso ou se era a amante secreta dos bastidores. Mediante a tal acusação, Bruno expôs o perfil da internauta para os demais seguidores e a detonou, afirmando que o mundo está doente.

Publicidade

Uma das amigas de Marina Ruy Barbosa, Luma Costa, também falou esta semana sobre os eventos.

“Essa é a Dinda do Dudu. Vocês podem conhecer ela por fora mas eu conheço por dentro e não poderia ter escolhido uma madrinha melhor para o meu filho. Alguém com caráter e valores como ela só vai me ajudar a ensinar ao Dudu a ser uma pessoa batalhadora e do bem”, escreveu ela na legenda de uma fotografia em seu perfil oficial no Instagram onde Marina aparece segurando seu filho de colo.

Em seu post, Luma foi rebatida, onde voltou a defender amiga dos internautas que disparavam duras críticas à atriz. Luma atribuiu a ‘onda’ de ódio sobre Marina ao machismo, se perguntando até quando as mulheres serão vistas como sedutoras, ardilosas e diabólicas? Finalizando, afirmando que a culpa sempre da mulher e nunca do homem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade