in

Luto: morre um dos maiores músicos de rock de todos os tempos

Fotomontagem: Correio/ Rômulo Nogueira

Nesta quinta-feira (21), Anne Thorkelson, irmão de Peter Tork, confirmou que o irmão morreu. O baixista e vocalista do grupo The Monkees, tinha câncer na língua, mas como a causa da morte não foi divulgada não se sabe se foi por conta da doença. Tork estava com 77 anos.

Publicidade

O grupo se tornou um verdadeiro fenômeno, especialmente, na década de 60. O sucesso foi tanto, que somente entre 1966 e 1970, eles lançaram 9 álbuns. Os músicos ainda serviam como uma alternativa para aqueles que não gostavam ou não curtiam apenas o som dos britânicos The Beatlles.

Depois que o grupo terminou, em 1970, houveram novas reuniões para juntar a banda e fazer novos sons 1986, 1993, 2001 e 2011. A última apresentação do grupo foi no dia 19 de fevereiro em Oklahoma, nos Estados Unidos. Grandes hits do The Monkeys fizeram parte de várias gerações e marcaram a música mundial.

Publicidade

Vários hits como Last train to Clarksville, I’m a believer e Your auntie Grizelda, acabaram se tornando um sucesso estrondoso quando foram lançadas. O grupoendeu mais de 35 milhões de álbuns ao longo da carreira.

Publicidade

A carreira do grupo atingiu um patamar tão grande, que eles acabaram estrelando um filme em 1968, intitulado de “Os Monkees estão soltos”. A formação original da banda contava com Micky Dolenz, que atuava na voz e bateria, Peter Tork no baixo, teclado e voz, Mike Nesmith comandava guitarra e Davy Jones era o vocalista da banda, que morreu no ano de 2012 vítima de um ataque cardíaco.

Publicidade

Ainda não foi divulgado onde será o local do velório e o enterro do grande astro da música, que embalou multidões. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.