in

Mulher vai à perícia do INSS, faz pedido proibido e sai de lá direto para a delegacia

Nesta terça-feira (19), uma caso de benefício do INSS, envolvendo uma senhora de 49 anos, foi parar na delegacia, na cidade de Pato de Minas, em Minas Gerais.

Publicidade

Com vários problemas de saúde, durante cinco anos, ela recebeu direitinho o benefício do INSS, mas acabou perdendo o direito.

O caso acabou indo parar na delegacia depois que ela ofereceu dinheiro a médica do INSS que lhe atendeu para dar um resultado favorável na perícia realizada. Em depoimento a polícia, a senhora contou todo o drama que está passando em sua vida.

Publicidade

De acordo com Jhonatan, cabo da polícia, a médica do INSS acionou os agentes relatando que a senhora de 49 anos havia lhe oferecido dinheiro para dar um parecer favorável. Com isso, eles foram até a agência e por não ter informado um valor exato, orientou as pessoas a não tomarem tal atitude.

Publicidade

A senhora alegou que não sabia que o ato era considerado crime. Ela chegou a mostrar todos os exames realizados e a carteira de trabalho aos policiais. “Tirei da boca para fazer esses exames. Estou sem remédio. Queria tanto ter saúde para poder voltar a trabalhar. Tenho hérnias de disco e já cheguei a ficar de cadeira de roda”.

Publicidade


Aos prantos, ela negou que tivesse agido com má intenção, pois, não tem estudo para saber que era crime, e alegou que está sendo vítima das pessoas, pois paga imposto para sofrer o descaso que vem passando.

Ela também revelou em depoimento, que tem cinco filhos, mas que nenhum deles quis ajudá-la. Ao ser questionada se aceitaria receber ajuda da população, ela se mostrou relutante, porém, como vem passando muitas dificuldades, acabou aceitando e deixando seu endereço.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.