in

JN dedica quase meia hora para atacar Bolsonaro e Bonner garante: ‘Globo não é inimiga’

Foto/Montagem: TV Globo / UOL

A TV Globo mostrou nessa terça-feira, 20 de fevereiro, os áudios vazados pela revista Veja entre o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o Ministro demitido por ele, Gustavo Bebianno.

Publicidade

Em um dos áudios, Bolsonaro critica a própria Globo e se irrita por Bebianno ter facilitado a entrada de um dos dirigentes do canal ao Palácio do Planalto. Bolsonaro deixa claro que a Globo é uma inimiga e que a visita estranha seria mal entendida por outras emissoras.

William Bonner, durante o telejornal, leu uma nota do Grupo Globo. Nessa nota, o canal garante que jamais foi inimigo do presidente do Brasil.

Publicidade

Durante quase trinta minutos, Globo dedicou ‘Jornal Nacional’ para mostrar áudios entre Jair Bolsonaro e Gustavo Bebianno

Mesmo dizendo que não é inimiga do presidente, a Globo dedicou, mais uma vez, um telejornal quase inteira a Jair Bolsonaro. Só o primeiro bloco do ‘Jornal Nacional’, que exibiu os áudios e mostrou a repercussão política do conteúdo, dedicou quase meia hora ao assunto.

Publicidade

Vale lembrar que o Brasil tem muitos outros problemas, como as recentes tragédias. No entanto, o ‘JN’ preferiu focar e muito na cobertura política, aproveitando a volta de Bolsonaro do hospital.

Publicidade

É bom dizer que antes da tragédia de Brumadinho e da internação de Jair no Hospital Albert Einstein, o mesmo telejornal se dedicou diariamente a criticar o filho do presidente, Flávio Bolsonaro. O assunto, no entanto, acabou não prejudicando Bolsonaro como se esperava e esfriou. Agora, pelo visto, o foco mesmo vai ser no ex-ministro bomba.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.