in

Presidente da CNI, Robson Andrade, é preso pela Policia Federal

Miguel Ângelo

Robson Andrade, presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), foi preso na manhã desta terça-feira (19) pela Policia federal (PF). Robson também já foi presidente da Fiemg (Federação das Industrias do Estado de Minas gerais).

Publicidade

O presidente da CNI estava sendo investigado na operação Fantoche. A operação tem como objetivo averiguar e punir supostos desvios de dinheiro público que sejam destinados ao ministério do turismo. As irregularidades feitas para desviar os recursos do ministério de turismo, foram encontradas na criação de convênios que se encontravam divergentes com o sistema S.

Robson Andrade teve a decretação de prisão temporária pela justiça de Pernambuco, e ficará preso temporariamente por 5 dias, inicialmente. Além do atual presidente da CNI, existem outros investigados de vários Estados como, Distrito Federal, São Paulo, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Alagoas. Os Agentes Federais irão cumprir 10 mandados de prisão temporária, como de Robson Andrade, e ainda farão 40 buscas e apreensão nos Estados citado acima.

Publicidade

A Confederação Nacional da Industria (CNI) emitiu nota sobre a prisão do Presidente em que diz ter ” conhecimento de que o presidente da entidade, Robson Braga de Andrade. está na Polícia Federal, em Brasília, prestando esclarecimento sobre a operação”. A CNI afirma ainda que não teve acesso aos autos da investigação e “acredita que tudo será devidamente esclarecido”.

Publicidade

Nem o sucesso de Andrade, ficou fora das investigações. Olavo Machado, também ex-presidente da Fiemg, teve mandado de busca e apreensão expedido para averiguar documentos que se encontravam em sua residência. Mas Olavo não teve mandado de prisão temporária expedido. A sede da Fiemg que fica na cidade de Belo Horizonte, também é objeto de Busca e apreensão pela Policia Federal (PF).

Publicidade
Publicidade
Publicidade