in

Crise? Torcida organizada exige saída de Leco e faz protestos contra jogadores

GE

Membros da principal torcida organizada do São Paulo, a Independente, voltaram ao CT da Barra Funda nessa segunda-feira (18).

Publicidade

O motivo da ida até a porta do CT, era um protesto contra Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, o executivo de futebol Raí e o gerente de futebol Alexandre Pássaro, que vem sendo acusado de torcer para o Palmeiras.

Uma das faixas do protesto dizia: “Fora Pássaro, diretor Peppa”. Os torcedores estavam exigindo que o mandatário do clube solicitasse sua renúncia, pois, acreditam que ele seja o responsável pela crise do clube nos últimos anos. O protesto contou com a participação de 100 pessoas. Alguns deles chegaram a realizar uma partida de futmesa para fazer criticas aos jogadores que utilizavam a atividade como parte do aquecimento. Agentes da Polícia Militar foram até o local para poder fazer a segurança.

Publicidade

Os torcedores também gritaram palavras de ordem contra os jogadores que eles queriam que saísse do clube, como o lateral direito Bruno Peres: “Não é mole, não! Eu tô cansado de time amarelão”.

Publicidade

Os protestos deram início depois que o time foi eliminada da Copa Libertadores na última quarta-feira. No sábado passado, alguns integrantes da torcida do Independente já haviam comparecido no CT para fazer cobranças.

Publicidade

Cinco minutos antes da apresentação do técnico Cuca como novo treinador do São Paulo, foram retomadas as críticas. Os jogadores estavam de folga na ocasião. Nesta terça-feira (19), eles retornaram ao trabalho, visando o jogo contra o Red Bull Brasil, que acontece no próximo domingo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.