in

Weverton faz tatuagem de taça, mas deixa espaço: ‘vai que em 2019 o Palmeiras é campeão’

Globo Esporte

O goleiro Weverton, campeão brasileiro ano passado com o Palmeiras, resolveu deixar marcado na pele uma lembrança do título, o primeiro pelo clube paulista.

Publicidade

Para isso, resolveu tatuar a taça em seu braço. E já pensando nos próximos títulos, Weverton resolveu deixar um espacinho: “a gente teve a ideia de deixar 2018 bem embaixo (da taça), vai que em 2019 a gente é campeão também, em 2020 (risos). Daí vai só colocando um ano embaixo do outro, para não precisar tatuar outra taça” disse enquanto fazia a tatuagem.

Esse otimismo não é pra menos. O Palmeiras continua com o melhor elenco do país e sem dúvidas entrará no Campeonato Brasileiro de 2019 como grande favorito.

Publicidade

Ainda completou: “foi um ano maravilhoso para mim. Chegar numa grande equipe e conquistar título é sempre importante. Essa conquista merece um lugar especial também no meu corpo. Quero deixar eternizado para sempre.”

Publicidade

Weverton chegou ao Palmeiras no início do ano passado para disputar posição  no gol do clube com os experientes Fernando Prass e  Jaílson. No início chegou a ser a terceira opção com o técnico Roger Machado. Com a chegada de Luiz Felipe Scolari, Weverton ganhou espaço e disputou todo o segundo turno do brasileirão. Ao todo, jogou 23 partidas, sofrendo apenas 14 gols. Em doze jogos não sofreu gol.

Publicidade

Atuação que o levou a ganhar a Bola de Prata como melhor goleiro da competição, superando outros bons goleiro citados a receber a premiação como Santos ( Atlético-PR) Marcelo Lomba ( Internacional) e Diego Alves (Flamengo).

Publicidade
Publicidade