in

Conheça as piores invenções do mundo

Forbes

As pessoas tem o costume de criar ‘coisas’ que facilitam o nosso dia a dia ou aperfeiçoam objetos já existentes para que favoreçam ainda mais a sua utilização. Desse modo, não é preciso ser um cientista para inventar algo.

Publicidade

Existem diversas invenções extraordinárias, que inclusive, renderam diversos prêmios para seus criadores. Porém, há invenções que nunca deveriam sequer terem saído do papel, seja por não cumprir o que prometem ou por simplesmente não serem úteis. Destacamos abaixo as piores invenções da história.

Cabelo em lata

O spray em lata promete preencher as falhas nos cabelos dos homens, como as entradas, por exemplo. Devido às propagandas, muitas pessoas criam bastante expectativas e ao usar o spray, se frustam com o resultado que não agrada nem de longe ao cliente.

Publicidade

Câmaras de bronzeamento artificial

As câmaras utilizam luz ultravioleta perigosa para fazer o bronzeamento em uma pessoa. Essa luz é altamente perigosa e pode provocar danos irreparáveis na pele, além de ser responsável pelo possível desenvolvimento do câncer de pele, câncer nos olhos, catarata, envelhecimento prematuro e enfraquecimento do sistema imunológico, ou seja, nada indicado para qualquer pessoa.

Publicidade

Escrevendo no chuveiro

A empresa AquaNotes desenvolveu um bloco de notas altamente resistente à água e que permite que uma pessoa que esteja tomando banho e tenha uma ideia,  possa imediatamente colocá-la no papel. Ela promete que pode-se escrever em baixo do chuveiro, porém, a ideia não foi consumida pela população. 

Publicidade

Ford Pinto

O carro foi considerado um dos piores designes da época. Além disso, entre os anos de 1971 a 1976, o tanque de gasolina era  montado em sua traseira e tinha uma alta possibilidade de vazar e explodir caso ocorresse alguma batida na traseira, mesmo que fosse de leve. Na época, a Ford decidiu apenas que pagaria as reclamações oriundas de danos graves.

Perfume da Harley-Davidson

A empresa que é super famosa por fabricar motocicletas, decidiu produzir perfumes e colônia na década de 1990. A ideia era produzir perfumes que tivessem o cheiro das motocicletas, ou como era o slogan, ‘aromas amadeirados com nota de tabaco’. Porém, nem mesmo os admiradores da marca gostaram da invenção.

Samsung Galaxy Note 7

Em 2016 foi lançado esse modelo de celular pela Samsung, porém, todos tiveram uma surpresa ao descobrir que ele tinha uma alta tendência de pegar fogo até explodir. A fabricante emitiu um recall que afetou mais de 2 milhões de consumidores. Apesar de terem sido substituídos por outro do mesmo modelo, continuaram apresentando o mesmo problema e, por isso, a Samsung interrompeu a fabricação deste modelo.

Sacolas plásticas

Foram inventadas para substituir as sacolas de papel na década de 1970, para que se economizasse dinheiro e árvore. Porém, hoje sabemos que a ideia não foi boa, devido às consequências que elas tem para o meio ambiente, pois demoram mais de 400 anos para se decompor e põe em risco à vida marinha.

Carro voador AVE Mizar

O inventor Henry Smolinski, criou o carro voador, ao amarrar as assas e cauda de um avião a um Ford Pinto. O primeiro teste foi feito em 1973, na Califórnia, e foi uma tragédia: o carro se soltou das asas e caiu matando seu próprio criador e o seu acompanhante nessa loucura.

Tamagotchi

Foram criados pela empresa Bandai na década de 1990 e eram vendidos como água na época. Pelo menos, 15 deles eram vendidos a cada minuto apenas no Canadá e nos EUA. O brinquedo ensinava a criança a cuidar de um bichinho virtual, porém, caso a criança deixasse de cuidar, ele morria e o aparelho parava de funcionar. Sendo assim, cabia a difícil tarefa de consolar os pequenos da morte do amiguinho, aos pais.

E você, se lembra de mais alguma invenção que não deveria ter saído do papel? Se sim, conte-nos nos comentários.

Publicidade
Publicidade
Publicidade