in

Fim dos tempos? Doença de cervos zumbis pode contagiar seres humanos, segundo estudos

Metro Jornal / Montagem: Nado Calegari

Até o mês de janeiro deste ano, 24 estados dos EUA já relataram casos de cervos, veados ealces contaminados com uma doença degenerativa crônica, que em inglês é conhecida como Chronic Wasting Disease, ou simplesmente CWD.

Publicidade

Essa doença é muito pouco conhecida e fatal, uma vez que ela pode atingir o sistema nervoso dos animais. Mas o que os cientistas mais temem no momento é que essa doença possa contagiar os seres humanos.

A doença ganhou o apelido de Zombie Deer Disease, traduzida literalmente para “Doença do Cervo Zumbi”, ou sendo chamada ainda como “Doença do Alce Louco”. Tudo isso se deve ao fato de que os animais com a doença ficam com aspecto esquelético, perda de peso, salivação em excesso, olhar vidrado e sem expressão, semelhante aos zumbis retratados em séries e filmes.

Publicidade

“Eles têm um olhar vazio, um andar cambaleante, suas cabeças e orelhas ficam caídas, pode-se observar também uma saliva espessa pingando da boca. Parecem com verdadeiros zumbis”, disse o Dr. Mark Zabel, descrevendo os animais nas fases finais da doença durante uma entrevista concedida ao The New York Times.

Publicidade

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças do Departamento de Saúde dos EUA, a doença pode aparecer sem qualquer sintoma, levando até um ano para que ela se manifeste, inclusive, alguns animais podem morrer sem ter sinais de que teve CWD.

Publicidade

Até o momento não houve nenhum caso confirmado em humanos, mas primatas, como os macacos, podem ser infectados pela doença ao ingerir carne contaminada ou entrar em contato com fluídos corporais. Sendo assim, os estudos sugerem que esse risco se estende também aos seres humanos.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .