in

Luto no cinema: morre um dos maiores atores do cinema mundial

G1/ Montagem Rômulo Nogueira

Na madrugada deste sábado (16) o ator suíço Bruno Ganz morreu. Segundo a imprensa alemã, o ator de 77 anos morreu em sua casa, localizada na região de Zurique.

Publicidade

Nascido no ano de 1941, Ganz dedicou grande parte de sua vida ao teatro. O astro passou a ficar mais conhecido do grande público, quando iniciou nas telas do cinema na década de 70.

Ganz virou uma verdadeira sensação ao interpretar vários personagens nos palcos e no cinema de grande importância para a história da sociedade. Um dos mais polêmicos foi o ditador Adolf Hitler, no filme ‘A Queda’.

Publicidade

Além disso, ele também esteve presente no filme ‘Amor e Tulipas’ (2000), como Fernando Girassole. Entre os países de língua alemã, Bruno ficou reconhecido como um dos maiores artistas de sua geração.

Publicidade

Todo o talento do ator fez com que ele virasse um dos queridinhos do cineasta Wim Wenders, que o dirigiu em filmes como O Amigo Americano, no ano de 1977, ‘Tão Longe, Tão Perto’, de 1993 e ‘Asas do Desejo’ um dos mais importantes longas do diretor em 1987.

Publicidade

O monstro do cinema também esteve em filme de renome mundial como ‘Sob o Domínio do Mal’ (2004), ‘O Leitor’ (2008) e ‘Os Meninos do Brasil’ (1978). Recentemente, o ator estava interpretando Fausto, de ‘Goethe’, na adaptação de Peter Stein.

No ano passado, a saúde já começou a ficar comprometida. O ator havia se envolvido no projeto da peça ‘A Flauta Mágica’, de Mozart, mas teve que deixar os trabalhos por conta de problemas com sua saúde. Seu último trabalho nas telonas foi no ano passado, no filme ‘A Casa que Jack Construiu’.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.