in

Polícia se cansa e BBB se dá muito mal’: ‘Vão sair algemados’

Foto/Montagem: TV Globo / UOL / Fernando B.

Nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, a apresentadora Sônia Abrão, da RedeTV!, acabou levando ao ar um tema difícil para a Globo. O BBB, mais uma vez, está sendo alvo de polícia. Maycon e Paula são acusados de fazerem comentários racistas, homofóbicos e que atingem a religião dos telespectadores. 

Publicidade

Durante o programa, novas revelações foram feitas. O delegado do caso, Gilbert Stivanello, não deve mais ouvir os participantes dentro da casa. Eles devem ser intimidados para comparecerem à delegacia. A informação foi repassada pelo colunista Alessandro Lo-Bianco. 

A atração ainda criticou o comunicado lido por Tiago Leifert. O programa enfrenta ainda sua pior audiência em toda a história.

Publicidade

Felipeh Campos brincou que programa, sem render com participantes, vai acabar com brothers algemados

O colunista Felipeh Campos até brincou com o assunto e disse que, desse jeito, os participantes todos do programa “vão sair algemados” da casa. Lembrando que, no início da atração, Vanderson acabou sendo expulso da atração, após acusações envolvendo violência contra mulher.

Publicidade

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro já recebeu as imagens do “Big Brother Brasil 19”, como parte da investigação sobre intolerância religiosa dentro do programa. O assunto tomou conta do país.  No programa de quinta-feira (14), ao vivo, Tiago Leifert confirmou a informação adianta pelo EXTRA com exclusividade, à tarde.

Publicidade

“— Essas imagens foram enviadas para colaborar para o procedimento de investigação e estamos analisando os vídeos para entender qual foi o tom e o contexto da conversa”, confirmou o  delegado Gilbert Stivanello. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.