in

Desesperada, jornalista da Globo pede perdão a Bolsonaro e Brasil fica perplexo

Foto/Montagem: Globo

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, acabou entrando no centro do noticiário. Tudo porque a jornalista Eliane Cantanhêde, que faz parte do Grupo Globo, trabalhando também na Globo News, acabou errando ao dar informações sobre o líder do PSL.

Publicidade

No rádio, Eliane disse que no dia em que o político deixaria o hospital Albert Einstein, em São Paulo, ele estava fazendo a última sessão de quimioterapia. Esse é o nome do tratamento contra o câncer.

Já existem boatos de que Bolsonaro teria um câncer e o erro da jornalista, que é conhecida pela sua credibilidade, aumentou ainda mais a tensão diante desse tema. 

Publicidade

Jornalista disse que Bolsonaro estava fazendo ‘quimioterapia’, mas confessou que não agiu de ‘má-fé’

Após pedir desculpas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) por ter dito que o presidente tomaria “última dose de quimioterapia” em sua coluna na rádio Eldorado na manhã de quarta-feira (13), Eliane Catanhêde trocou tuítes com a também jornalista Monica Waldvogel, que teria explicado os motivos de ela ter se referido ao tratamento de câncer.

Publicidade

“Acho que sei por que você trocou o nome dos tratamentos. Na noite anterior comentávamos sobre a última sessão de quimioterapia da nossa amiga em comum. A preocupação com ela deve ter ficado na sua cabeça, não?”, disse a colega da profissional também em uma mensagem no Twitter, que acabou ganhando grande repercussão. 

Publicidade

Mesmo pedindo desculpas, a jornalista acabou sendo detonada nas redes sociais. Muitos lembraram que a Globo é mal vista pelo presidente. 

O próprio Bolsonaro, inclusive, já pediu para acreditaram apenas em informações passadas por ele. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.