in

Mulher acorda em terreno baldio após aceitar água e bala em carro do aplicativo Uber

Uma mulher foi usar os serviços de um carro de aplicativo, mas ‘apagou’ e, quando acordou, estava em um terreno baldio, sem roupas. O local fica próximo ao parque Santos Dumont, em Votorantim, interior de São Paulo.

Publicidade

Ela foi levada pra a DDM – Delegacia de Defesa da Mulher de Votorantim e o caso está sendo investigado, pois existe a suspeita de que tenha sido violentada pelo motorista.

Os moradores da região disseram que nesta última segunda-feira (11), quando estavam passando pelo local, viu a mulher sem roupa e ela alegou que morava na cidade de Curitiba, no Paraná. Ela usou o carro de aplicativo para ir visitar os pais, sem nunca imaginar que poderia ser abusada.

Publicidade

Polícia investiga o caso

A vítima disse aos policiais que quando chegou à rodoviária, ela entrou em um táxi e foi até uma farmácia que fica na avenida Coronel Nogueira Padilha. Sua intenção era dali ir para a casa da família.

Publicidade

A mulher ia chamar um carro de aplicativo, mas seu celular estava sem bateria, então viu um casal passando e pediu a eles para lhe fazer este favor e eles usaram um APP de transportes solicitando um veículo para ela. Nossa equipe entrou em contato com a Delegacia De Defesa Da Mulher de Votorantim na tarde desta quinta-feira (14) e confirmaram que o transporte solicitado foi através do aplicativo Uber.

Publicidade

Quando o carro chegou e ela entrou, tomou um pouco de água e também chupou algumas balas, mas depois disso ela não se lembra de mais nada, quando acordou estava em um terreno baldio.

A mulher foi levada para o Hospital Regional de Sorocaba e submetida a alguns exames, sendo liberada em seguida. Agora a polícia está investigando o caso, mas ainda não conseguiu localizar o motorista que teria prestado serviço à vítima e supostamente, abusado dela.

Como o serviço não foi solicitado no celular da vítima e ela não faz ideia de quem seja o casal que lhe emprestou o smartphone, será muito difícil chegar até o culpado.

A assessoria da empresa Uber entrou em contato com a nossa redação e emitiu a seguinte nota:

“A Uber repudia qualquer tipo de comportamento abusivo contra mulheres e acredita na importância de combater, coibir e denunciar casos de assédio. Até onde foi possível apurar, não identificamos nenhuma viagem realizada com o aplicativo da Uber na data e local da ocorrência. De qualquer forma, a Uber permanece à disposição dos órgãos de segurança para colaborar com as investigações, na forma da lei.”

Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br