in

Luto no futebol: morre um dos maiores atacantes de todos os tempos

Gospel Geral

No início da tarde desta terça-feira (12), morreu um dos maiores atacantes de todos os tempos. Aos 63 anos, o ex-jogador Caio faleceu.

Publicidade

O atleta foi um dos maiores craques do Grêmio. No time, ele venceu vários campeonatos além de se tornar campeão da América e do Mundo em 1983.

Autor do primeiro gol na final da Libertadores daquele ano contra o Peñarol, Caio estava internado há mais de um mês e meio o Hospital Universitário de São Luís, no Maranhão. O ex-atleta estava tratando de uma trombose, mas devidos as complicações, ele não resistiu.

Publicidade

Por conta da doença, o jogador chegou a ter duas pernas amputadas. Caio foi um dos jogadores que recebeu homenagem no gramado Arena, momentos antes de começar Grêmio x Corinthians, pelo Brasileirão, por conta do aniversário de 35 anos, da conquista do Mundial de clubes.

Publicidade

“Aquela homenagem em dezembro parecia uma despedida. Ajudei pessoalmente para ele conseguir viajar para Porto Alegre. Ele estava sofrendo bastante com as pernas amputadas. Ele já estava há dois ou três dias na UTI, a gente fazia o acompanhamento através do nosso grupo de WhatsApp com os campeões do mundo. Todos rezando para ele que se salvasse. Mas ficam as recordações, uma pessoa do bem e um colega extraordinário. Nos ajudou na conquista do primeiro título da América e do mundo, fica uma belíssima lembrança dele”, relembrou com carinho Baidek, ex-zagueiro do Grêmio.

Publicidade


Paulo Roberto, outro grande companheiro do ex-jogador, falou com carinho do amigo, onde relembrou os conselhos que ganhou.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.