in

São Paulo e Globo ganham processo movido por Sindicato; entenda!

SPFC

Na última segunda-feira (11), uma sentença publicada na 71ª Vara do Trabalho concedeu a vitória ao São Paulo e ao Grupo Globo, em batalha jurídica.

Publicidade

A ação foi movida pelo Sindicato dos Atletas Profissionais no Estado de São Paulo, que contestava valores pagos referentes aos direitos da arena para os jogadores. A ação, que ainda cabe recurso, foi julgada improcedente.

Além de perder o processo, o Sindicato ainda foi condenado a pagar os valores gastos pelo São Paulo e a TV Globo com advogados. O montante chega a R$ 2,1 milhões cada. O valor corresponde a 10% do que foi atribuído no processo, que era de R$ 42 milhões. O Sapesp não tem a intenção de pagar nada ao São Paulo e à TV Globo e, por causa disso, estaria preparando uma minuciosa estratégia para lutar pelo caso até os últimos momentos.

Publicidade

Para checar se realmente houve irregularidade nos pagamentos e repasses feitos entre Globo e São Paulo, uma perícia minuciosa foi realizada nos pagamentos que já haviam sido efetuados. Depois da análise, chegou a conclusão de que São Paulo e Globo haviam feito tudo dentro da normalidade.

Publicidade

Pela lei, o sindicato dos atletas deve receber o valor de 5% do que é pago, pelos grupos de comunicação, aos clubes por direito de transmissão. O Sapesp acredita que esses valores devem ser retirados não só dos direitos de transmissões, mas também das luvas, verbas de marketing e outros elementos dos contratos entre os times e, no caso, a Globo.

Publicidade

O sindicato acionou vários outros clubes na Justiça. O caso do São Paulo foi o primeiro a ser julgado pela 71ª Vara do Trabalho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.