in

Foto do acidente que matou o jornalista Ricardo Boechat viraliza e causa revolta; veja

Reprodução / Observatório da Televisão (Divulgação / TV Globo)

A queda de helicóptero que matou o jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, em São Paulo, tornou-se o assunto mais comentado desta segunda-feira (11). Junto com esta notícia, surgem diversas outras, como por exemplo a história da mulher que se arriscou para salvar o motorista do caminhão onde a aeronave bateu quando caiu sobre a pista da rodovia Anhaguera.

Publicidade

A imagem da mulher se arriscando, sozinha, enquanto um homem fotografa ou filma a cena de seu smartphone chamou a atenção. Nas redes sociais, muita gente tem usada a imagem – que foi feita por outra pessoa que estava fotografando ao invés de ajudar – está gerando um grande debate.

“Isso aqui me deixou pensativo. Uma mulher tentando salvar um homem enquanto vários homens ficam filmando. Nota: É a mesma mulher que viu Boechat e tentou salvar porém foi impedida por homens dizendo que era perigoso“, comentou um internauta que postou a foto no Twitter.

Publicidade

“Como essa mulher tem poucas pessoas no Brasil. Como esse homem tem muitos.Parabéns a Leilane, mulher que tentou salvar a todos inclusive o Ricardo Boechat em meio aos destroços. Fez o que muitos ‘machões’ incluindo esse da foto não faria”, comentou outro internauta.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

A mulher é a vendedora Leilane Rafaela da Silva, de 29 anos. Ele passava pelo local quando o acidente aconteceu e resolveu agir. O homem da foto não foi identificado. Mas outros ajudaram Leilane na dura missão de tentar resgatar o motorista do caminhão, que foi socorrido e encaminhado ao hospital. Boechat e o piloto do helicóptero morreram.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!