in

Confira a lista de jogadores mortos na tragédia do CT do Flamengo

Reprodução/Facebook

Nesta manhã (08) houve um incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, que fica localizado em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Foram dez mortes confirmadas e três pessoas feridas, sendo que uma está em estado grave. Os feridos foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Segundo os bombeiros que estavam no local, as vítimas são atletas das categorias de base do clube, que dormiam no local.

Publicidade

Felipe Cardoso, meia da equipe sub-17 do Flamengo, disse que o incêndio começou em seu quarto, no ar-condicionado. “O incêndio começou no meu quarto. O ar-condicionado começou a pegar fogo e eu saí correndo. Graças a Deus consegui correr e estou vivo”.

Segundo relatos de jogadores que sobreviveram ao incêndio, minutos antes de o fogo começar teve uma explosão no ar condicionado, uma espécie de curto-circuito. Também segundo esses relatos, o fogo teria se alastrado muito rapidamente.

Publicidade

A primeira vítima identificada nesta manhã foi o goleiro Christian. A notícia da tragédia comoveu a todos. Já foram identificadas seis das dez vítimas do incêndio.
Confira a lista:

Publicidade

Arthur Vinicius

Arthur  de apenas 14 anos, sobrinho do jogador Andinho. Ele completaria quinze anos neste sábado.

Publicidade

Athila Paixão

Athila, 15 anos, natural de Lagarto (SE), estava no Flamengo desde abril de 2018.

Bernardo Pisetta

Bernardo jogou pelo Athlético Paranaense e tinha chegado ao Flamengo em julho do ano passado.

Christian Esmerio

Christian de 15 anos, ele já teria sido convocado para atuar pela seleção brasileira.

Vitor Isaías

Vitor também de 15 anos, iniciou sua carreira jogando no Figueirense, atuou no Atlético Paranaense. Ele tinha o destino de ser artilheiro, em 2014 ele tinha sido campeão e artilheiro da Copa Catarinense sub-11, chegou ao Flamengo em agosto do ano passado.

Pablo Henrique

Pablo, 14 anos, nascido em Oliveiras, a 150 km de Belo Horizonte, primo do jogador Wesley do Vasco. A Câmera Municipal de Oliveiras lamentou a morte do atleta por meio de uma nota. “O adolescente era mais uma promessa do futebol oliveirense, mas infelizmente teve sua trajetória interrompida na manhã desta sexta-feira“.

O Secretário Estadual de Esportes, Felipe Bornier, chegou ao Ninho do Urubu por volta das 9h informando que o governador do Rio, Wilson Witzel, decretou três dias de luto no estado do Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade