in

Fundec do Pilar, Duque de Caxias (RJ), consegue ilustre aprovação na UFRJ

Gabriel Mendes / O Dia

Simone Sil, 54 anos, é uma dona de casa com uma linda história. Apesar de ter ficado por mais de 3 décadas longe das salas de aula e mesmo sem ter em seu currículo anterior as disciplinas básicas como física e química, ela conseguiu a aprovação e classificação em um dos cursos da UFRJ, instituição Federal com uma das maiores concorrências candidato / vaga nacional.

Publicidade

O feito só foi possível mediante muito empenho, dedicação, esforço pessoal e a ajuda da Unidade ‘Fundec’, em Pilar, Duque de Caxias. A própria Simone considera o feito como um ‘milagre’, mas ela investiu em cursar uma turma preparatória e se matriculou no curso pré-vestibular oferecido pela prefeitura de Duque de Caxias aos moradores do bairro Pilar, de forma totalmente gratuita, ministrado com a duração de aproximadamente 1 ano de estudos.

Simone relatou que já tinha cursado ‘espanhol’ na instituição, dois anos atrás, e que ao ver a dedicação da instituição e o incentivo dado para os alunos, ela decidiu por se preparar no pré-vestibular para uma vaga em uma universidade pública. Ela chegou a afirmar que ‘foi uma surpresa muito grande’ que, de acordo com as suas expectativas, ela poderia ter que tentar mais um ano de estudos para conseguir a sonhada vaga.

Publicidade

“Agradeço aos professoras, aos alunos da turna e à direção. Eu não acreditava em mim, mas eles acreditavam. Deve ter muitas pessoas como eu que desistiram por causa da idade, dos desafios. Umas três vezes eu pensei em desistir. Faltava aulas, mas eles insistiram, iam atrás de mim, foram me incentivando“, disse em tom emocionado.

Publicidade

Do Fundec para a própria casa

De acordo com Simone, a integração entre os alunos era tanta que ela decidiu chamar os amigos e iniciar ‘sessões de estudos’ dentro de sua casa. A fé na aprovação dela era tanta que seus amigos apostaram, literalmente, que ela passaria e ela se vê na doce missão de ter que ‘pagar’ a aposta e cumprir a promessa: “vou ter que fazer um estrogonofe de frango lá em casa. Já me mandaram mensagens cobrando…”.

Publicidade

Gratidão

Simone ingressará no curso de Letras e sonha em ser professora, mas deseja, mais uma vez, voltar ao Fundec, dessa vez como professora da instituição: “quem sabe eu não retribua esse sonho, dando aula na própria Fundec. Foi através de lá que vou fazer um curso universitário grátis”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.