in

‘Estavam dormindo’: os últimos momentos dos atletas queimados vivos no Flamengo

Foto/Reprodução: Facebook

Nesta sexta-feira, 8 de fevereiro, o Brasil acordou diante de mais uma tragédia. Um incêndio atingiu o Ninho do Urubu, localizado na Região de Vargem Grande, no Rio de Janeiro. As primeiras informações são de que 10 atletas, do time juvenil, teriam morrido.

Publicidade

O corpo de bombeiros, em entrevista ao vivo na TV Globo, deu informações de como teriam sido os últimos momentos dos atletas. Um representante da corporação disse que os atletas teriam entre 14 e 17 anos. Além disso, eles teriam morrido queimados vivos enquanto ainda estavam dormindo.

Esse fato teria contribuído para que o número de mortos na tragédia fosse grande. Os nomes das vítimas ainda não foram identificados. Clubes rivais do Flamengo, como o Vasco, solidarizaram-se diante da tragédia. O Vasco cancelou as atividades dessa sexta-feira. 

Publicidade

Para corpo de Bombeiros, fato de atletas estarem dormindo teria contribuído para número grande de mortos

Jogadores estavam de sobreaviso para treinamento na parte da tarde, mas não há o menor clima nem entre atletas, nem funcionários para qualquer tipo de atividade de futebol nesta sexta-feira. Por conta disso, o treino e o jogo desse sábado – Flamengo x Fluminense – foi cancelado. 

Publicidade

Um dos sobreviventes da tragédia, João Pedro, deu uma entrevista ao Bom Dia do Brasil ao vivo. Ele disse que por pouco não dormiu no local:

Publicidade

“Eu estava treinando. Quando acabou, fiquei sabendo que não ia ter treino hoje, vim para a casa de um amigo. Três amigos meus que ficaram lá ainda pediram para eu dormir lá, mas falei que não tinha treino e ia para a casa de um amigo”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.