in

Mulher casou com homem que mandou jogar soda cáustica em seu rosto

Reprodução/Cultura-colectiva

Linda Pugach foi a protagonista de um dos crimes mais bárbaros dos Estados Unidos. O caso aconteceu em 1959 e chocou as pessoas de toda a região. Linda ficou conhecida em todo o país neste ano, na época, ela era amante do advogado Burton N. Pugach, ele era casado e tinha uma filha.

Publicidade

O romance dos dois teria passado despercebido se a jovem, que na época tinha 22 anos, não tivesse descoberto que Burton era casado. Linda não aceitou ser a outra e pôs fim ao relacionamento no mesmo instante. Por causa disso, Linda protagonizou o crime mais famoso da história de Nova York.

Publicidade

Publicidade

Burton não se conformou com o fim do caso e, sabendo que Linda já estava com outra pessoa, pagou um homem para jogar soda cáustica no rosto da ex-amante. Linda quase ficou cega.

Publicidade

O homem foi condenado e preso

O crime não ficou impune, o advogado foi preso, julgado e condenado; permaneceu 14 anos preso. O que mais impressiona é que, em 1974, quando deixou a prisão, Pugach reconquistou Linda e casou-se com ela, permanecendo juntos até a morte dela.

Os dois viveram juntos até a morte de Linda

Linda faleceu no dia 22 de janeiro de 2013, com 75 anos, em um hospital dos Estados Unidos. A morte se deu por insuficiência cardíaca. No momento da morte dela, o marido afirmou eu não saberia como viver sem ela.

Para quem os rodeava, o casal demonstrava que se amava, mesmo sendo de uma maneira diferente. Antes da morte de Linda, ocorreram alguns casos de adultério por parte dele, mas a própria esposa o defendia, dizendo que era adúltero por ela não poder mais cumprir com suas obrigações de esposa, devido a um problema de saúde.

A história do casal foi relatada em um livro que ficou muito conhecido chamado “A Very Different Love Story” (“Uma História de Amor Muito Diferente”, em tradução livre).

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.