in

Felipão dá aval e Palmeiras aceita vender Deyverson

www.otempo.com.br

O clima no Palmeiras não é dos melhores nos últimos dias. O clube Alviverde vive uma fase conturbada após a derrota para o Corinthians no último sábado. A torcida não aliviou e a pressão nos bastidores do Verdão é forte.

Publicidade

O maior culpado pela torcida após a derrota foi o atacante Deyverson, que foi expulso na partida logo após substituir o centroavante Borja. Deyverson cuspiu na cara do adversário e, além da torcida, nem mesmo o clube Alviverde aliviou as críticas.

O técnico Luiz Felipe Scolari não aliviou, e logo após a partida já declarou que Deyverson merecia ser expulso umas três vezes pela cusparada. O centroavante pediu desculpas horas após a partida, mas mesmo assim não se livrou da punição aplicada pelo Palmeiras.

Publicidade

Deyverson foi multado em R$350 mil, e tudo indica que será vendido. A cúpula da diretoria pediu a opinião do técnico Felipão, que deu o aval, e o Palmeiras aceitou vender o atleta, mas aguarda uma proposta boa.

Publicidade

Com contrato até 2020, Deyverson não deve cumprir seu contrato até o término. Desde que chegou em 2017, o centroavante se envolveu em fortes polêmicas. Ao todo são cinco expulsões desde que chegou, e acumula críticas da torcida palmeirense.

Publicidade

Em 2017 se recusou a bater o pênalti contra o Barcelona de Guayaquil pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. A torcida alviverde fez duras críticas ao centroavante na época. Em 2018, Deyverson já estava de bem com a torcida, inclusive fez o gol do título brasileiro. Agora, em 2019, voltou às polêmicas e novamente recebe críticas da torcida.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com