in

Choro, gritos e muita agonia: Rio vive tragédia histórica e corpos são encontrados

Foto/Montagem: Veja/Globo/Fernando

Na noite desta quarta-feira, 6 de fevereiro, o estado do Rio de Janeiro acabou vivendo um verdadeiro caos. Fortes chuvas e vendos de mais de 100 Km/ hora atingiram a cidade. Pelo menos cinco pessoas morreram e outras estão desaparecidas. 

Publicidade

O prefeito Marcelo Crivella continua nas ruas do Rio. Ele e pelo menos outros 600 servidores trabalham há mais de 10 horas para recuperar a infraestrutura da cidade, que enfrentou fortes chuvas na noite de ontem. 

O Prefeito do Rio de Janeiro, Marcello Crivella, deu uma coletiva de imprensa por volta das 9h10, no horário de Brasília. No Rio, a Globo derrubou a programação e exibiu parte da conversa. Marcelo confirmou pelo menos as cinco vítimas, podendo existir ainda uma sexta vítima. Em vídeos divulgados pelas redes sociais, dá para ouvir a agonia de moradores da região. 

Publicidade

Vídeos mostram desespero de novo temporal no Rio de Janeiro e autoridades pedem que moradores não saiam de casa

Em um dos vídeos, um homem aparece sendo carregado pela chuva. Mulheres que filmavam a cena choram e gritam “meu Deus”, parecendo não acreditar nas imagens:

Publicidade

O Centro de Operações da prefeitura do Rio informou que a cidade entrou em estágio de crise às 22h15 dessa quarta-feira (6/2) diante das fortes chuvas na capital, com intensas rajadas de vento. O fenômeno causou alagamentos em ruas e estabelecimento comerciais, interditou vias e deixou bairros às escuras.

Publicidade

Nas redes sociais, muitas pessoas mandam força para os cariocas, que em 2011 já haviam vivido sua maior tragédia. Na ocasião, mais de 900 pessoas morreram na Região Serrana da cidade. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.