in

Número de mortes sobe para 142, com 122 corpos identificados, em Brumadinho.

Foto: ALEX DE JESUS/O TEMPO/ESTADÃO CONTEÚDO

Brumadinho já esta em seu 12º dia de buscas da tragédia. Nesta terça-feira, 05, o numero de mortes subiu para 142, sendo que 122 corpos foram identificados e, de acordo os Bombeiros, o números de desaparecidos é de 194 pessoas.

Publicidade

As buscas começaram por volta das 6h50 da manhã, e às 9 horas, os primeiros restos mortais resgatados da lama chegaram ao campo, no Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Grande BH. Logo após, os corpos foram trazidos em um helicóptero da policia militar do Paraná.

A procura foi feita em vinte e dois pontos diferentes e teve a ajuda de equipes de militares a pé, de barco, escavadeiras, máquina anfíbias e dez helicópteros.

Publicidade

O reforço de militares da Força Nacional de Segurança e também a presença de militares de outros estados foi fundamental para a operação. Foram envolvidos 399 profissionais nessa terça-feira (5), sendo 200 do corpo de Bombeiros de Minas Gerais, 110 bombeiros militares de outros estados, 64 militares da Força nacional e 25 voluntários. 

Publicidade

O dia foi movimentado pelos helicópteros que traziam os corpos e restos mortais durante todo o tempo.

Publicidade

A pedido de uma família que enterraria seu familiar às 11h30, os helicópteros ficaram paralisados até o fim da homenagem.

Números da tragédia no seu 12º dia de busca:

  • 142 mortos confirmados – 122 identificados 
  • 194 desaparecidos
  • 192 resgatados
  • 394 localizados

Ao fim do dia, perto das 19h, ocorreu uma reunião complicada que durou mais de duas horas e teve a presença de 450 moradores e produtores rurais, porém, os representantes da mineradora Vale não aceitaram as reivindicações emergenciais da comunidade. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade