in

Lula orienta PT a explorar tragédia de Brumadinho contra Jair Bolsonaro

Reprodução / PSL / Arquivo Pessoal Lula

O Partido dos Trabalhadores (PT) terá a maior bancada do Congresso Nacional, com 54 deputados federais, e se depender do mentor da legenda, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a artilharia contra o presidente Jair Bolsonaro será pesada.

Publicidade

Nesta sexta-feira (1º), a Folha divulgou que Lula orientou o PT a explorar duas frentes contra o Governo Bolsonaro: o desastre de Brumadinho, cidade mineira onde uma barragem da Vale rompeu na sexta-feira (25) e causou centenas de mortes, e também o caso Fabrício Queiroz, ex-motorista e ex-assessor do senador Flavio Bolsonaro, filho do presidente.

De acordo com apuração da Folha junto a parlamentares que visitaram Lula em Curitiba, o ex-presidente teria afirmado que é preciso focar nesses episódios que complicam o início do novo governo.

Publicidade

Lula está preso na sede da PF, na capital paranaense, cumprindo pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Por conta das condenações, o ex-presidente não pôde concorrer ao terceiro mandato. A Lei da Ficha Limpa o impediu.

Publicidade

Lula quer que os parlamentas petistas explorem aquilo que tem impacto negativo na vida das pessoas.

Publicidade

Além desses dois casos, o discurso petista de que Bolsonaro retira direito da população seguirá firme e forte. Uma das principais medidas visadas pelo novo governo é a reforma da Previdência. A esquerda, de modo geral, é contra essa ideia. O ano legislativo começou, de fato, nesta sexta-feira, com os novos deputados federais e senadores assumindo seus pontos em Brasília.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!