in

Três empresas contatam o Flamengo interessadas no patrocínio máster

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Para 2019, o Flamengo acabou perdendo alguns dos seus patrocinadores, como a Carabao e a Caixa Econômica Federal. Com isso, a diretoria Rubro-Negra busca conquistar novos investidores para enfim “fechar” a camisa do clube. A ideia do clube é neste mês de fevereiro fazer todas as negociações e finalizar o acordo, para entrar em março com tudo certo.

Publicidade

O conselho deliberativo do clube se reuniu na Gávea, e foi decidido pelo retorno da logomarca Multimarcas Consórcios, empresa do segmento de veículos e imóveis que estampará na barra da camisa, logo abaixo dos números, se for aprovada.

O Mengão também busca um patrocinador máster, com a expectativa de um lucro aproximado de 25 milhões de reais por ano, o mesmo que era pago pela Caixa Econômica. A marca será estampada na parte frontal da camisa, bem abaixo do peito, o principal espaço na camisa do clube.

Publicidade

Segundo o portal Coluna do Flamengo, três empresas brigam pela oportunidade, sendo a SEMP TCL, o banco BMG e uma outra não revelada. Porém, no caso do BMG, o acordo que a empresa ofereceu é nos mesmos moldes do Corinthians, com 12 milhões anuais e mais uma taxa variável de 50% de acordo com o resultado financeiro da empresa, o que não agradou a diretoria do Mengão.

Publicidade

Na atualidade, o Flamengo conta com duas marcas exibidas, sendo a Universidade Brasil, que está desde o meio de 2017 na região da omoplata, e a MRV, logo acima dos números nas costas da camisa, empresa que inclusive renovou com o clube carioca até o final de 2020, e que o Rubro-Negro espera receber 20 milhões de reais durante o prazo.

Publicidade
Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Ataídes Milani Junior

Redator da 1News Brasil