in

Falida? ‘Guerra’ na justiça com ex-empresária chega ao fim e Anitta paga caro

Fotomontagem: Contigo/Globo/Rômulo Nogueira

Há seis anos, Anitta vem travando uma batalha judicial com sua ex-empresária Kamilla Fialho, da K2L Entretenimento. A guerra judicial começou em 2013, após a cantora estourar na mídia com a música “Show das Poderosas”.

Publicidade

No ano de 2014, a artista tomou a decisão de romper o contrato com a empresa de Kamilla, alegando que ela estava sendo mal administrada e um suposto desvio de dinheiro estava sendo cometido. Segundo a artista, uma empresa de auditoria detectou que mais de R$ 2,5 milhões teriam sido desviados.

Kamilla não só rebateu as acusações, como também entrou com um processo contra a cantora, alegando danos morais, calúnia e quebra de contrato. Na época ela estava pedindo o valor de R$ 7 milhões.

Publicidade

Como nenhuma das duas aceitava fazer um acordo, o valor foi aumentando cada vez mais com o passar dos anos. A ação correu na 6ª Vara Cível do Rio e há quatro anos já havia solicitado o bloqueio de R$ 3 milhões da conta da funkeira.

Publicidade

Agora, depois de tantos anos, as duas chegaram a um consenso. Kamilla repassou todos os direitos autorais das músicas da cantora, incluindo “Show das Poderosas”. Com isso, Anitta não tem mais vínculo com ninguém e é dona de todos os seus hits, mas teve que desembolsar R$ 9 milhões para que isso acontecesse.

Publicidade

O acordo havia sido assinado no final do ano passado, sob o mais absoluto sigilo, mas só agora os detalhes vieram á tona, através da coluna de Ricardo Feltrin do portal UOL, que obteve os detalhes da negociação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.