in

Haddad resolve falar e cobra atitude de Bolsonaro sobre Brumadinho, mas castigo aparece

Foto/Montagem: YouTube: PT/ Renova Mídia

O político Fernando Haddad resolveu utilizar a sua conta oficial no Twitter para jogar uma indireta sobre as atuais escolhas feitas por Bolsonaro. Ambos os políticos apresentam visões diferentes tanto na área da economia quanto política, no período de campanha eleitoral as diferenças entre eles ficou cada vez mais nítida.

Publicidade

O petista ficou famoso por ter utilizado o jargão ‘Haddad é Lula e Lula é Haddad‘, entretanto no período do segundo turno os marqueteiros do PT iniciaram uma campanha que mostrava uma autonomia do progressista, resolvendo explorar a divergência de ideias que existiam entre os candidatos.

O Brasil presenciou um período de polêmica eleitoral na proporção em que as redes sociais foram utilizadas como os maiores meios de debate, haja vista que foram os principais vínculos que circulavam notícias de teor verdadeiro ou falsos sobre quem estava disputando a vaga da presidência.

Publicidade

Fernando sempre se demonstrou contra a posse de arma, já o líder dos conservadores declarava ser a favar da medida, outras pautas que geraram polêmica tinham conexões com a escolha dos países que iriam se tornar aliados do Brasil, o atual presidente nunca escondeu o interesse por manter relações com Israel e EUA, fato que foi executado quando ele assumiu o cargo da presidência levando em consideração que importantes líderes dos países elencados estavam em solo brasileiro no dia da posse.

Publicidade

Nesse sentido, em virtude de posicionamento ideológico tanto o político progressista quanto o direitista encontram dificuldade para manter um bom diálogo, haja vista que militam por ideias que convergem. Por isso, é possível observar um distanciamento entre o partido deles, assim como verificar indiretas na internet.

Publicidade

Diante disso, o importante aliado do PT declarou em mídia social: “Má escolha: o governo errou ao nomear para ministro do Meio Ambiente alguém cujas posições estão na contramão do que o país precisa. Bolsonaro, até ontem, só fala em afrouxar a fiscalização e facilitar o licenciamento. Veremos agora”.

Ao dizer o que pensa sobre o governo que se iniciou em 2019, Haddad recebeu duras críticas de internautas. Respostas com teor de insatisfação podem ser lidas ao clicar no link que exibe a publicação da mensagem no Twitter, pois o número de críticos foi bastante elevado, superando quem estava concordando.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Andressa Cavalcante

Bacharel em direito, também possui formação no curso de Análise e desenvolvimento de sistemas, há 3 anos que trabalha como colunista em sites. Trabalha como Gerente de Mídia Social na página Garota Conservadora assim como em Loucos por Armas ambos do Facebook, no Instagram administra os perfis @versosdadireita e @blogconservadora