in

Polícia Federal nega pedido de Lula para ir ao enterro do irmão: ‘risco de fuga’

Reprodução / Twitter Lula

O ex-presidente Lula pode ter uma segunda má notícia em menos de 24 horas. Nesta terça-feira (29), morreu Genival Inácio da Silva, o Vavá, aos 79 anos. O irmão de Lula tratava um câncer, mas não resistiu e faleceu.

Publicidade

Tão logo a defesa do ex-presidente soube da notícia entrou com o pedido para que Lula fosse se despedir do irmão. O enterro está marcado para as 13h desta quarta-feira (30), em São Bernardo do Campo, berço político de Lula.

A juíza Carolina Lebbos, substituta de Sergio Moro na 11ª vara de Curitiba, ainda não se manifestou definitivamente sobre o caso, mas tudo indica que Lula não deve ir a São Paulo para acompanhar o enterro do irmão.

Publicidade

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal foram consultados pela juíza, antes de seu parecer final, e ambos se posicionaram contra a ida de Lula. A PF citou o risco de fuga, protesto de grupos favoráveis e contrários a Lula e atentado para impedir que o ex-presidente se desloque de Curitiba para São Paulo.

Publicidade

Cerca de meia hora depois do posicionamento da Polícia Federal, o MPF também deu parecer contrário. A defesa de Lula se movimentou e entrou com pedido junto ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). A defesa pede que o tribunal julgue o pedido e criticou a juíza Lebbos porque ela “deixou decidir (ato omissivo) em tempo hábil”, afirma o pedido.

Publicidade

Lula está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde cumpre pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na década de 1980, quando foi preso pelo regime militar, Lula conseguiu na Justiça o direito para ir ao enterro da mãe.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!