in

Nego do Borel revolta seguidores em post sobre Brumadinho, veja as imagens!

Foto reprodução instagram portalovertube.com

Nego do Borel passa por um período conturbado da sua carreira, recentemente se envolveu em uma polêmica com a transexual Luisa Marilac, temendo que a má fase pudesse influenciar nas vendas e acabasse gerando prejuízo para o projeto, o músico cancelou o lançamento do seu próximo DVD.

Publicidade

O Brasil vive um momento de luto devido ao desastre em Brumadinho no Estado de Minas Gerais, diversas personalidades públicas falaram sobre o caso e emitiram suas opiniões, outros apenas se solidarizaram com as vítimas. Nego do Borel também fez questão de comentar sobre o desastre e foi novamente alvo de comentários nas redes sociais.

O novo episódio iniciado no Instagram teve origem em uma foto onde o artista aparece fazendo uma prece acompanhada do texto: “Meu Deus, que começo de ano é esse, Pai! Meus sentimentos a todas as famílias de Brumadinho. Também quero deixar minhas orações pra família desse cara que tinha o coração lindo, Wagner Montes. Que Deus envie seus anjos da paz, do amor pra gente, Pai. PS: Galera, vamos ajudar Brumadinho!”

Publicidade

A mensagem do cantor, que aparentemente não parece ter nada de ofensivo ou errado, acabou despertando a ira dos internautas, isso porque a imagem foi fotografada na virada do ano e reutilizada para “desabafar sobre o desastre”, vista como uma atitude negativa por parte dos fãs. 

Publicidade


Dando a entender que em um momento de tamanha dificuldade o cantor esteja tentando promover-se em cima da tragédia em Brumadinho.

Publicidade

Brumadinho

No momento, analistas afirmam que com cálculos mais precisos, Brumadinho pode se tonar o maior acidente trabalhista no Brasil. Posto que era ocupado por um galpão também situado em Minas Gerais no estado de Belo Horizonte, que desabou fazendo 69 vítimas mortais no ano de 1971. 
O acidente de Mariana ocupa a terceira posição, também com o envolvimento da (vale), deixou 19 mortos no ano de 2015.
Publicidade