in

Sem salários e endividados, bombeiros fazem lindo gesto para salvar vítimas em Brumadinho

Imagem: Gladyston Rodrigues/EM/D.A press

A morte de dezenas de pessoas em Brumadinho tem mobilizado o país em busca de ajuda rápida para as famílias que perderam seus parentes e entes queridos. Além do retrato da tragédia que parou o Brasil, há um lado corajoso que inspira as vítimas e pessoas que estão acompanhando, mesmo que de longe, este lamentável momento da história de nosso país.

Publicidade

Os bombeiros de Minas Gerais foram flagrado por muitas câmeras de fotojornalistas durante a jornada em busca de sobreviventes do estouro da barragem da mineradora Vale na última sexta-feira. Por conta da dimensão do desastre causado pela empresa, muitos bombeiros militares estão trabalhando incansavelmente em jornadas extenuantes para poder encontrar mais pessoas e animais soterrados com vida no local do desastre.

Muitos bombeiros estão endividados, mas não vão parar de ajudar Brumadinho

O que pouca gente lembra é que os bombeiros de Minas Gerais seguem com problemas de pagamento de salário.  O Estado de Minas tem parcelado o 13º salário de 2018 e ainda atrasa outras dívidas nada justas com estes profissionais que arriscam suas vidas em busca de ajudar o próximo. Não há perspectiva desse dinheiro ser recebido em dia.

Publicidade

Segundo relatos ao site Estado de Minas, muitos acumulam dívidas mas mesmo assim se dispuseram a trabalhar no resgate das vítimas de Brumadinho.

Publicidade

Além dos bombeiros, servidores com salários atrasados estão no plantão de amparo às vítimas: médicos, profissionais da saúde, policiais civis, dentre outros.

Publicidade

Sem previsão de pagamento, bombeiros seguem no trabalho árduo

De acordo com a Secretaria de Fazenda do Estado, a terceira e última parcela dos salários mensais foi paga nesta segunda-feira para cerca de 600 mil funcionários de Minas. Por conta da crise econômica-fiscal, Minas Gerais dividiu o pagamento em três vezes, nos dias 14, 21 e 28 de janeiro. 

Quanto ao 13º, o governador Romeu Zema (Novo) não informou a previsão, mas prometeu que irá anunciar uma nova forma de pagar os bombeiros e demais servidores.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.