in

‘Convidados’ do crime dão três tiros de ‘presente’ para aniversariante e ela morre

Reprodução / Facebook Patrícia Leite

Patrícia da Cunha Leite estava comemorando o aniversário de 26 anos em uma festa realizada no bairro Japiim, zona sul de Manaus, quando três homens armados invadiram o local, na madrugada de domingo (27). Eles anunciaram o assalto e, de acordo com a Polícia Civil do Amazonas, um dos criminosos teria perguntado pela vítima. Em seguida, ele deu três tiros na cabeça da lutadora de jiu-jitsu.

Publicidade

A polícia foi acionada às 3h. A denúncia dizia que homens em um carro modelo Corsa estariam assaltando no Japiim. A PM conseguiu localizar os criminosos próximo à Avenida Tefé. Os homens permanecem presos na sede do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Um deles, de 33 anos, respondia em liberdade por um homicídio ocorrido em maio de 2009.

Com o trio, a polícia encontrou objetos que teriam sido roubados e uma arma de fogo falsa. A arma utilizada no crime contra Patrícia não foi encontrada com os criminosos. O trio que está preso não teve a identidade revelada pela polícia.

Publicidade

De acordo com os detalhes da ocorrência, um dos bandidos perguntou por Patrícia e ninguém respondeu. Ele então reconheceu a lutadora e efetuou os disparos. Ela foi socorrida no Hospital e Pronto-Socorro João Lúco.

Publicidade

Horas depois de ter sido baleada, a jovem de 26 anos não resistiu aos ferimentos e morreu. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o crime e quer descobrir o que levou Patrícia a ser assassinada de forma cruel. Familiares e amigos da lutadora ficaram bastante consternados com a situação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!