in

Lutadora de jiu-jítsu é assassinada em plena festa de aniversário e caso choca

G1

Patrícia Cunha Leite, de 24 anos, levou um tiro durante sua própria festa de aniversário, na tarde deste domingo (27). A moça era lutadora de jiu-jítsu e horas após ser baleada na cabeça durante a própria festa de aniversário, na zona sul de Manaus, não resistiu e morreu.

Publicidade

Patricia foi levada para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, que fica localizada na Zona Leste da capital. A morte dela será investigada pelo (DEHS) Delegacia Especializada em Homicídios.

Tudo aconteceu durante a madrugada, por volta de 3h da manhã. Policias haviam recebido um chamado, no qual informa que três rapazes em um corsa estariam cometendo assalto pelo Japiim. Ao saírem para fazer a dirigência, eles conseguiram fazer a identificação dos indivíduos próximo à Avenida Tefé, na Zona Sul da capital.

Publicidade

A polícia recebeu a notícia de que o trio esteve envolvido em uma tentativa de homicídios momentos antes da abordagem. Segundo relatos da polícia, os três chegaram no local da festa de Patricia e anunciaram o assalto. Em determinado momento, um dos rapazes perguntou pelo nome da moça, mas todos permanecerão calados. Logo depois, ele reconheceu a vítima e disparou 3 tiros em sua cabeça.

Publicidade

Os três suspeitos foram capturados e levados o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Com eles, além dos objetos roubados, havia um simulacro de arma de fogo, mas a que foi utilizada no crime não estavam com os suspeitos.

Publicidade

Um dos suspeitos, que tem 33 anos, já estava respondendo por um homicídio ocorrido em maio de 2009 em liberdade. Agora, eles deverão ser encaminhados a uma audiência de custódia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.