in

Menino de 2 anos que morreu ao cair em poço é enterrado ao lado de irmão mais velho

Fotomontagem: G1/arquivo pessoal/Diogo Marcondes

O pequeno Julen Roselló, de apenas dois anos, movimentou a Espanha nos últimos dias e virou o assunto em todo o mundo depois que caiu em um poço abandonado de cerca de 100 metros de profundidade, na cidade de Málaga, no dia 13 de janeiro.

Publicidade

No dia seguinte, cerca de 100 bombeiros trabalhavam no resgate do garoto. Neste sábado (26), depois de cavarem um poço paralelo utilizando brocas, dezenas de máquinas e tratores para cavar remover 83 mil metros cúbicos de terra, os bombeiros encontraram apenas o corpo do menino.

Segundo o laudo, Julien morreu no mesmo dia em que caiu no poço que havia sido aberto sem autorização. Seus pais almoçavam próximo do local, que fica no terreno de um parente, quando aconteceu o acidente.

Publicidade

O pequeno teve uma queda livre de 71 metros de altura e sofreu um traumatismo crânio encefálico, que geralmente acontece quando há forte pancada na cabeça. O juiz de Málaga vai determinar as possíveis responsabilidades pela morte do garoto.

Publicidade

Pessoas próximas dos pais do garoto revelaram o drama familiar. O corpo de Julien foi enterrado no cemitério San Juan de Málaga, neste domingo, e centenas de pessoas compareceram ao local para acompanhar a despedida emocionante.

Publicidade

O corpo de Julien foi enterrado ao lado do corpo do irmão, Oliver, que tinha três anos e morreu após sofrer uma crise cardíaca, em 2017. A história chamou a atenção de muita gente já que os pais perderam dois filhos pequenos no período de dois anos. O casal, muito emocionado, não falou com a imprensa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!