in

Bombeiros anunciam milagre em Brumadinho e deixam claro: ‘Ainda há esperanças’

Fotomontagem: G1/RecordTV/Tadeu Goulart

A tragédia de Brumadinho segue neste domingo (27/01) trazendo notícias nada agradáveis aos brasileiros que anseiam saber de novidades positivas trazidas de Minas Gerais. Ainda não é confirmado o número exato de vítimas do estouro da barragem da Vale, que arrasou com a área administrativa da empresa e parte da cidade de interior.

Publicidade

As buscas indicam que há, pelo menos 287 desaparecidos. Porém, uma novidade dos Bombeiros deu conforto pra a população local.

De acordo com um porta-voz da Defesa Civil de Minas Gerais, o tenente-coronel Flávio Godinho para o site da BBBC, a represa B6 não corre risco de se romper. O anúncio permitiu também que o Corpo de Bombeiros informasse às famílias evacuadas da região a possibilidade de retorno às suas casas. 

Publicidade

Muitos consideraram a novidade como um verdadeiro “milagre”, uma vez que o risco de rompimento de uma segunda barragem poderia matar mais pessoas, animais e destruir casas. “Ainda há esperanças. Vamos ter fé que os bombeiros vão encontrar mais sobreviventes”, escreveu uma internauta nos comentários da notícia.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Até o momento, foram confirmadas 37 mortes e 16 corpos já foram encontrados e entregues às famílias para sepultamento.

Publicidade

Alarme falso

Neste domingo, às 5h30, um alarme de emergência foi disparado na região da Mina do Córrego do Feijão. A informação era de risco de rompimento da B6, confirmado pelos técnicos da Vale. A água foi bombeada pelas equipes dos bombeiros e o risco foi eliminado.

Se a barragem se rompesse poderia carregar uma quantidade inacreditável de lama para outras regiões e alcançar o Centro de Brumadinho. 

A promessa do tenente é de que em 37 horas, a partir das 5h da manhã de sábado, a situação seja considerada segura. “A água drenada segue o leito do rio”, explicou.

Fotos

Muitas imagens direto da tragédia emocionaram o Brasil. As televisões locais realizaram uma cobertura intensa e a tragédia foi capa em jornais de todo o mundo. Contudo, a foto de um bombeiro abraçando um morador tirado da lama não foi tirada em Brumadinho. Ela circula na rede sendo associada à cidade, mas foi feita em Mariana, também em Minas Gerais.

Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.