in

Abel exige e diretoria do Flamengo decide não vender jogador para o exterior

Foto: Staff Images/Flamengo

O Flamengo já anunciou quatro nomes como reforços para 2019, e todos já estrearam. Porém, agora começa a rondar as especulações sobre perca de atletas, e o mais cotado é o peruano Miguel Trauco.

Publicidade

O papo que rondou a gávea é que os diretores flamenguistas esperavam uma proposta na casa dos 8 milhões de reais, e que o San Lorenzo estava interessado no jogador, mas a negociação não evoluiu. Inclusive, até a reposição de Trauco já era especulada, com o nome de Jorge, ex-Flamengo e atualmente emprestado ao Porto, mas com o passe fixado ao Mônaco, da França.

Sabendo disso, o treinador Abel Braga não gostou e tratou de logo conversar com o atleta, para mostrar a sua importância ao elenco. Após essa reunião entre Trauco, treinador e diretoria, ficou decretado que o peruano seguirá no Mengão.

Publicidade

No Flamengo, o atleta briga por posição com Renê, jogador que foi titular na maior parte do tempo em 2018 e foi considerado o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Com 26 anos de idade, Trauco iniciou a sua carreira no Unión Comercio, do Peru, onde atuou de 2009 a 2015. Em 2016, o jogador se transferiu para o Universitário, onde realizou 41 jogos e fez um gol, garantindo um bom destaque que o levou ao Flamengo em 2017, onde realizou 53 jogos e anotou 4 gols, sendo importante na temporada. Porém, em 2018, o atleta teve uma queda de produção e só entrou em campo em dez partidas. 

Publicidade

Pela Seleção Peruana, o jogador disputou a Copa América em 2016, atuando em 4 partidas, e a Copa do Mundo de 2018, entrando nos três jogos da equipe.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Ataídes Milani Junior

Redator da 1News Brasil