in

Apresentador da Globo foi ‘Laranja’ de Lula, revelam documentos bombásticos

Foto/Montagem: Instituto Lula/ TV Globo/Fernando Borges

O ex-Ministro do governo Lula, Antônio Palocci, continua na tentativa de reduzir sua pena e, por isso, faz a chamada delação premiada. Graças as revelações do ex-braço direito do petista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros políticos acabaram sendo presos. 

Publicidade

Nesta quarta-feira, 23 de janeiro, documentos bombásticos foram revelados e neles um apresentador do Grupo Globo,  é apontado com “laranja” do ex-presidente. O nome é ninguém mais ninguém menos do que Roberto D’Ávila. Ele tem atualmente um programa de entrevistas na Globo News e é considerado um dos maiores comunicadores do país. 

Roberto D’Ávila, apresentador da GloboNews, teve seu nome relacionado na delação de Antonio Palocci, em delação bombástica

De acordo com  a delação de Palocci, Roberto D’Ávila teria sido o ‘laranja” para a produção de um filme sobre o ex-presidente Lula.  Segundo os documentos bombásticos, ele serviu de intermediário (por baixos dos panos) para que o filme ‘Lula, o Filho  do Brasil’ fosse produzido. 

Publicidade

A empreiteira a Schahin,  segundo Palocci, é quem teria feito os repasses para o comunicador da Globo News. O montante arrecado foi de cerca de R$ 5 milhões. 

Publicidade

D’Ávila, ao ser procurado pela revista Crusoé, que divulgou as revelações bombásticas, desmentiu a acusação de Palocci.  Em uma rápida entrevista, ele falou sobre o assunto.

Publicidade

“Eu não fui laranja nenhum, eu fui produtor do filme. Fizemos a produção do filme e várias empresas contribuíram. Era 2008 e o Lula tinha 90% de aprovação. Aquilo era um negócio para nós”, declarou o jornalista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.