in

Diretor do hospital onde Caio Junqueira estava revela causa da morte e choca com detalhes

Isto É / Montagem: Rômulo Nogueira

A morte do ator Caio Junqueira vem dando o que falar. O ator que faleceu na manhã desta quarta-feira (16), após sofrer um grave acidente na semana passada.

Publicidade

Até então sem ter sido revelada, a causa da morte veio à tona. O diretor do hospital público onde o artista estava internado relatou o real estado do artista.

Logo no início de sua declaração, em entrevista ao programa Hoje em Dia, da RecordTV, o diretor disse: “Depois das primeiras 48 horas o quadro do Caio voltou a se agravar. Desde então, ele não teve uma resposta de melhora. A febre dele estava muito alta e, mesmo tomando os antibióticos, dos mais diversos que podiam ajudar no caso, não teve essa boa resposta”.

Publicidade

Em seguida, ele revela que, na noite de ontem (22), o ator teve uma para respiratória, provocada por uma cólica renal. O corpo do artista já foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde logo será liberado para o enterro.

Publicidade

Caio Junqueira morreu aos 42 anos. Com uma extensa carreira no teatro, cinema e TV, sua partida comoveu diversos amigos famosos, que teceram suas homenagens nas redes sociais e em veículos de comunicação. Em homenagem ao ator, a RecordTV, última emissora pela qual o ator trabalhou, irá exibir o filme Tropa de Elite, na quinta-feira (24).

Publicidade

O ator recebeu grande reconhecimento ao interpretar o cabo Neto no longa. Além disso, o Caio Junqueira esteve presente em diversas tramas na RecordTV, como A Escrava Isaura (2004), na retomada do canal na área da teledramaturgia e, mais recentemente, em Milagres de Jesus, último trabalho do ator na casa. No ano passado, ele havia feito uma participação na série O Mecanismo, da Netflix.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.