in

Urgente: avião particular que trasportava famoso jogador de futebol desaparece no mar

Divulgação/Pinterest

O avião de passageiros privado que trasportava um jogador de futebol desapareceu na noite de segunda-feira (21) quando sobrevoava o Canal da Mancha. Ele havia decolado do aeroporto de Nantes-Atlantique para Cardiff, mas nunca chegou.

Publicidade

O jogado foi identificado como Emiliano Sala, que após uma enorme temporada no Nantes, foi adquirido esta semana pelo Cardiff City com a clara intenção de permanecer na Premier League. O clube galês pagou 17 milhões de euros (mais de R$ 72 milhões), essa foi a transferência mais cara da história da instituição. 

Sala, que usava as camisas de Orléans, Niort, Bordeaux, Caen e Nantes (todos da França), estava a bordo de um Piper Malibu, que desapareceu cerca de 20 quilômetros ao norte da ilha inglesa de Guernsey. Dois helicópteros, dois aviões e dois barcos de resgate estão nas buscas pelo avião desaparecido.

Publicidade

Estamos muito preocupados em saber sobre o avião, que perdeu o contato no canal ontem à noite, estamos aguardando a confirmação antes que possamos dizer mais, estamos muito preocupados com a segurança de Emiliano Sala“, disse Mehmet Dalman, presidente de Cardiff.

Publicidade

O diretor executivo da Nantes, Waldemar Kita, disse: “Ele é um menino educado, amável e adorável, amado por todos, sempre muito respeitoso, muito cortês, penso em sua família, em todos os seus amigos. Sabemos disso, ainda espero que não acabe e que esteja em algum lugar“. 

Publicidade

O atacante argentino, que tem 12 gols na Ligue 1, tinha retornado ao Nantes após a assinatura do contrato com o Cardiff City para participar da Ciudad Deportiva La Jonelière para despedir-se daqueles que foram seus companheiros até poucos dias atrás. 

O pai do atleta, Horacio Sala, contou em entrevista que ouviu as notícias através de um amigo. “Eu estava trabalhando, não posso acreditar, estou desesperado“, disse o pai do jogador.

O último contato que a Piper Malibu teve com a torre de Casquets, localizada a 13 km de Alderney, foi por volta das 16:30 horas, quando estava voando a 2.300 pés (700 metros de altura). 

Diante dessa situação, o clube de Nantes decidiu suspender a prática de hoje e adiar a reunião marcada para quarta-feira, às 14h30, contra a Entente SSG para a Copa da França.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.