in

Globo padroniza ‘ataques’ à família Bolsonaro e detalhe nos telejornais chama a atenção

Fotomontagem: TV Globo /PSL/Diogo Marcondes

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) vem sendo alvo de reportagens veiculadas pela Rede Globo desde sexta-feira (19). No domingo (21), o filho do presidente Jair Bolsonaro escolheu Record e RedeTV! para conceder entrevistas e falar sobre as acusações que vem recebendo.

Publicidade

O Conselho de Controle de atividades Financeiras (Coaf) notou movimentações atípicas na conta do senador eleito pelo Rio de Janeiro. De acordo com relatório, foram depositados R$ 96 mil em dinheiro na conta de Flávio, entre junho e julho de 2017.

Ao jornalista Lúcio Sturm, da Record TV, e a Boris Casoy, da RedeTV!, Flávio Bolsonaro apresentou detalhes dos 48 depósitos de R$ 2 mil. 

Publicidade

Ainda no Fantástico, minutos depois da entrevista à RedeTV, no Bom Dia Brasil, na manhã de segunda-feira, e nos telejornais da GloboNews, emissora de notícias do Grupo Globo na TV paga, os jornalistas da casa leram um texto padronizado criticando as entrevistas nas emissoras concorrentes.

Publicidade

Não foi perguntado ao senador em nenhuma das duas entrevistas, e por isso ele não respondeu, por que optou por fazer 48 depósitos de R$ 2 mil com diferença de minutos em cada operação em vez de depositar o total que recebeu em espécie de uma só vez na agência bancária onde tem conta”, dizia o texto lido pelos jornalistas.

Publicidade

Na noite desta segunda-feira, Boris Casoy rebateu o comunicado da Globo dizendo que fez uma entrevista profissional e isenta. Ele ainda criticou o que chamou de “jornalismo inquisitivo” da emissora da família Marinho.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!