in

Mulher é agredida por integrante da Vai-Vai em ensaio técnico e público se revolta

G1

Na madrugada deste domingo (20) uma mulher foi agredida por um dos integrantes da escola de samba Vai-Vai durante o ensaio técnico.

Publicidade

O caso acabou repercutindo por conta das imagens que foram feitas flagrando o momento da agressão a moça.

No vídeo, a mulher anda pela lateral da avenida, quando o homem vestido com uma camisa da “diretoria” da escola se aproxima e a puxa pelos cabelos. Outros componentes da agremiação tentam separar a briga, mas o agressor continua empurrando a mulher. Na arquibancada, várias pessoas se manifestaram gritando a lei “Maria da Penha”, que protege às mulheres das agressões físicas.

Publicidade

A Vai-Vai se pronunciou sobre o assunto, alegando que o funcionário envolvido na agressão“está sumariamente afastado de qualquer atividade”. Referente a mulher que foi agredida a escola disse que não medira esforços para que ela tenha sua integridade devolvida e tenha seus direitos garantidos.

Publicidade

Na página da escola de samba, o presidente da Vai-Vai Darly Silva, mais conhecido como Neguitão, também falou sobre o episódio e reforçou que pedirá que o agressor seja expulso da agremiação, pois, a atitude tomada por ele vai totalmente contra aos princípios e valores que a escola acredita.

Publicidade

A Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, também se manifestou sobre o caso e disse que nunca foi registrado um caso como o que viram.

A Liga já abriu uma sindicância para fazer a apuração dos fatos, e a Escola de Samba Vai-Vai irá responder pelo episódio lamentável que teve o componente da agremiação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.